domingo, 11 de agosto de 2013

À espera de um milagre...

>> Olá!  Resolvi publicar aqui esse testemunho (meu e da Ana) que escrevi em forma de reportagem para uma revista há alguns anos para trazer esperança a vc que quer ter filhos e ainda não tem. Nosso Deus faz o impossível! Leia, edifique-se e se desejar, deixe seu nome para intercedermos. Eu creio com vc!

***********
MEUS FILHOS, UM MILAGRE

“Durante dois anos, fiz tratamento para engravidar. Tomava remédios, injeções mensais e fiz duas cirurgias para desobstruir as trompas. Nesse tempo, eu também orava e pedia a Deus que me desse um filho, mas fazia isso crendo mais na ação do tratamento médico do que num milagre. Um dia, após mais uma série de exames, meu médico – um especialista reconhecido no assunto – foi enfático: eu não poderia engravidar naturalmente e teria 40% de chances numa inseminação artificial que me custaria 7 mil dólares, à vista. Sai do consultório arrasada.

Naquele dia, não fui à minha reunião de célula semanal. Meu marido explicou ao nosso líder que eu não estava bem e então, mesmo sem estarmos lá, eles oraram por nós. Em casa, nos prostramos diante de Deus como nunca havíamos feito. Como casal, choramos, entregamos tudo nas mãos dele e pedimos para que, se fosse para adotarmos uma criança, isso fosse colocado em nosso coração.

Na manhã seguinte, acordei bem. De vez em quando, me vinha o pensamento “não posso ter filhos”, mas não desanimei. Quando me perguntavam sobre o assunto, eu dizia que em breve iria engravidar – o que deixava as pessoas preocupadas.
Na semana seguinte fui viajar e, quando voltei, minha menstruação atrasou. Não esperei muito e fui fazer o exame: estava grávida, de forma natural, um mês após aquela notícia do médico (que não soube explicar o que houve, mas garante que os exames estavam corretos).

Hoje, o Vitor e o Danilo – isto mesmo, eu ainda tive mais um filho depois disso sem que o médico soubesse explicar - são provas de um milagre que Deus operou em mim! Glórias a Ele por isso!”

(Ana Lúcia de Andrade Canabrava)

*********************
MEU MILAGRE TAMBÉM CHEGOU!

Quando ouvi a história da Ana Lúcia Canabrava (que vc leu acima), meu coração bateu mais forte. Eu estava casada havia sete anos e não conseguia entender porque Deus não me dava um filho. Cheguei a passar por três fases: conformidade; depois, tristeza; depois, “braveza” com Deus. Isso mesmo, eu cheguei a ficar brava por Ele não me abençoar da forma como eu queria. Mas hoje sei que eu agi errado. Nosso Deus é soberano e sabe muito bem a hora de agir. Toda promessa passa pela provação do tempo. É preciso saber esperar.

Naquela tarde em que conversei com a Ana para escrever a reportagem sobre mães para uma revista senti algo diferente. Meu ânimo voltou e minhas esperanças foram renovadas assim que ela compartilhou da sua alegria. E, a partir daquele dia, descansei no Senhor. Mas também me firmei nas suas promessas – eu sabia que Ele estava olhando para mim.

Pouco tempo depois, eu estava um dia, orando em meu quarto, e chorava muito na presença de Deus. Era um clamor sincero que hoje eu sei: tocou o coração do Pai. Naquele momento tive uma visão e o Senhor me deu uma promessa em sua Palavra que está em Gênesis 18.14 – “Por acaso há impossíveis para Deus? Daqui um ano, virei a ti, e Sara terá um filho”. Anotei na minha Bíblia: era o dia 30 de janeiro. E me vi como Sara: humanamente, sem capacidade para gerar, mas, em Deus, capaz de tudo! E cri que, dali um ano, eu estaria gerando uma criança.

Passaram-se alguns meses e no mês de maio meu esposo pregou em nossa igreja, no Dia das Mães, sobre as histórias de Sara, Rebeca e Raquel, mulheres inférteis que Deus abençoou com filhos. E contou à igreja que precisávamos de um milagre na nossa vida para sermos pais.

Nas semanas seguintes, fomos procurar um médico (porque sabíamos que teríamos que fazer a nossa parte, tudo o que estava ao nosso alcance) e saímos dali na expectativa de começar o tratamento no mês seguinte. Mas não foi possível. Aliás, nem preciso. Eu engravidei antes disso! Naquele mesmo mês de maio, alguns dias após a pregação do dia das mães!

Exatamente no dia 30 de janeiro do ano seguinte (lembra que a promessa de Gên 18 foi me dada exatamente um ano antes?), fui para o hospital. Nasceu então, no dia 2 de fevereiro, minha filha, Ana Carolina. A promessa de Deus se cumpriu. Meu milagre chegou!

Se Deus te deu um sonho, Ele irá cumprir. Apenas creia!

Rosana Salviano Salabai

3 comentários:

  1. Que lindo, me emociono porque aguardo um milagre na minha vida e sei que quando lemos esses milagres de Deus temos a plena certeza que ele faz por nós....É não ovulo, não menstruo sem remédios e eu creio que o Senhor vai agir no sobrenatural....

    Deus maravilhoso!!!!!!

    ResponderExcluir
  2. Que lindo, me emociono porque aguardo um milagre na minha vida e sei que quando lemos esses milagres de Deus temos a plena certeza que ele faz por nós....É não ovulo, não menstruo sem remédios e eu creio que o Senhor vai agir no sobrenatural....

    Deus maravilhoso!!!!!!

    ResponderExcluir
  3. Jesus lindo e maravilhoso... Amo servir esse Deus!
    Minha vida de baseia em grandes milagres!
    Eu particularmente sempre tive medo de engravidar, um dia porem saindo da igreja ( fim do culto) um Irmao perguntou se eu tinha filhos, entao respondi q nao... Ele disse q Deus havia dito p mim me preparar q breve eu seria mãe!
    Tempos depois no culto o Pr teve uma visão d onde eu estava entrando na igreja com um carrinho d bebe... Mas tbm q o inimigo estava colocando medo em mim...entao ele orou por mim, uma irma colocou as maos na minha barriga e profetizaram. Na semana seguinte eu já estava com o desejo de ser mãe, fiz um primeiro teste e deu negativo, fiquei triste..mas nao desanimei, no segundo teste deu positivo:..eu e meu esposo choramos d felicidade.. E hj pra gloria de Deus temos uma filha linda** Deus é fiel meus irmãos!!!

    ResponderExcluir